Acordo coletivo: trabalhadores não serão prejudicados pelo atraso das empresas - SINDETANOL

SINDETANOL

Sindicato dos Trab. na Ind. Quím. Farm. e Fabr. de Álcool, Etanol,
Bioetanol e Biocombustível de Presidente Prudente e região

Acordo coletivo: trabalhadores não serão prejudicados pelo atraso das empresas

A Diretoria do Sindetanol, tendo como base os compromissos assumidos mediante a aprovação da pauta de reivindicações da categoria, continua empenhada em finalizar os Acordos Coletivos de Trabalho relativos à campanha salarial e social deste ano. Porém, algumas empresas ainda não compreenderam que tentar prorrogar as conversações finais para “ganhar tempo” não resolve a situação, pelo contrário causa insegurança e desconfiança entre os trabalhadores. É preciso destacar que desde abril a diretoria esta realizando reuniões com as empresas. 


Inicialmente, algumas empresas se recusaram a tratar do assunto tendo como base o índice de 7%, como contraproposta elas ofereceram um reajuste salarial em torno de 4,88 % até 5,5%. Porém, aos poucos, e após muitas reuniões, seus representantes compreenderam a situação e finalmente chegaram ao índice de 7%. 
Com outras empresas mesmo tendo sido discutidas algumas situações específicas, as reuniões transcorreram sem problemas e finalizaram o processo de negociação com a proposta de reajuste salarial de 7º%, agilizando todo o processo e principalmente os devidos pagamentos aos trabalhadores. 


Porém, infelizmente mesmo diante da incontestável necessidade dos trabalhadores e a exposição real da situação do setor, algumas empresas ainda se mostram contrárias ao fechamento do acordo devido a questões de ordem particular destas empresas e, sem dúvida, este posicionamento negativo causa desgaste para todas as partes envolvidas.


Uma coisa é certa, tendo como data base o 1º de maio, nenhum trabalhador será prejudicado com a recusa da empresa em finalizar as negociações coletivas. Portanto, todos os recebimentos aos quais os trabalhadores têm direito, a partir dos seus salários, deverão ser pagos com reajuste a partir da data do fechamento do acordo e de forma retroativa a 1º de maio.



PALAVRA DO PRESIDENTE

13/07/2020

Tempos difíceis necessitam de novo olhar e união

ler palavra do presidente

ACORDO COLETIVO

Acompanhe aqui os acordos coletivos

JORNAL

Ultima Edição

Novembro/2019

ver edição

ARQUIVOS
ONDE ESTAMOS

Rua Estevan Peres Bomediano, 79
CEP: 19.023-380 - Jd. Paulista
Presidente Prudente - SP

ATENDIMENTO

(18) 3221-6278

sindetanol@sindetanol.com.br

© 2020 Sindetanol. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Prudente Empresas