Centrais Sindicais e Movimentos Sociais se mobilizam para a paralização de 28 de abril - SINDETANOL

SINDETANOL

Sindicato dos Trab. na Ind. Quím. Farm. e Fabr. de Álcool, Etanol,
Bioetanol e Biocombustível de Presidente Prudente e região

Centrais Sindicais e Movimentos Sociais se mobilizam para a paralização de 28 de abril

NENHUM DIREITO A MENOS

Uma caminhada da sociedade unida. É assim que será iniciada a mobilização das centrais sindicais e movimentos sociais, que visam promover a paralização de diversos setores, no dia 28 de abril, em Presidente Prudente. Independente de afiliação sindical toda a população está convidada para participar do ato.
A ação será iniciada às 7h, com a concentração dos participantes na rotatória do Museu e Arquivo Histórico Prefeito Antônio Sandoval Netto. Em seguida, terá início a caminhada em direção ao calçadão da Rua Tenente Nicolau Maffei, no centro da cidade.
Em Prudente, a exemplo do que está acontecendo em nível nacional, os dirigentes sindicais já realizam panfletagem nas portas das empresas. O objetivo é explicar os motivos para a paralização geral e informar sobre os prejuízos que a novas regras de Terceirização e as propostas da Reforma Trabalhista e Reforma da Previdência, trarão para os trabalhadores. 
Para o presidente do Sindetanol, Milton Ribeiro Sobral, que participa das panfletagens junto com os demais diretores do sindicato, que representa cerca de 4000 trabalhadores do setor de produção de Álcool/Etanol, no Oeste Paulista, “é preciso deixar claro que somos contra estas reformas e, acima de tudo, esclarecer para a população o quanto elas vão impactar negativamente nosso dia a dia e ameaçam o futuro de nossas famílias por retirarem direitos”.
Durante as assembleias da Campanha Salarial e Social 2017, os dirigentes do Sindetanol também já discutiram a atual situação do país e reforçaram nos locais de trabalho a importância de se lutar contra as reformas. 
Atuando em parceria com as Centrais Sindicais, Movimentos Sociais e os sindicatos filiados ao Conselho Intersindical de Presidente Prudente, os diretores do Sindetanol buscam fortalecer a mobilização na cidade e ampliar o entendimento dos interesses políticos e econômicos envolvidos nestas propostas de reformas.
Foi em uma reunião nacional das Centrais Sindicais, realizada no último dia 27 de março, que o dia 28 de abril foi escolhido para a paralização geral dos trabalhadores, uma demonstração pública contra as reformas propostas pelo governo Temer. 
Na ocasião, estiveram presentes todas as centrais, a exemplo da CUT, Força Sindical, UGT, CSP-Conlutas, Nova Central, CGTB, CSB, CTB, Intersindical. A mobilização nacional, a partir das bases das categorias profissionais nos municípios e chegando em todos os estados, quer fazer um trabalho amparado na força da união, onde a grande chamada é para promover uma ação unificada como o propósito único “ Dia 28 de abril vamos parar o Brasil”.



PALAVRA DO PRESIDENTE

25/03/2020

Por dia melhores, é preciso lutar contra o coronavírus mantendo o emprego e geração de renda

ler palavra do presidente

ACORDO COLETIVO

Acompanhe aqui os acordos coletivos

JORNAL

Ultima Edição

Novembro/2019

ver edição

ARQUIVOS
ONDE ESTAMOS

Rua Estevan Peres Bomediano, 79
CEP: 19.023-380 - Jd. Paulista
Presidente Prudente - SP

ATENDIMENTO

(18) 3221-6278

sindetanol@sindetanol.com.br

© 2020 Sindetanol. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Prudente Empresas