Trabalhadores da usina Floralco denunciam falta de pagamento de salário e férias - SINDETANOL

SINDETANOL

Sindicato dos Trab. na Ind. Quím. Farm. e Fabr. de Álcool, Etanol,
Bioetanol e Biocombustível de Presidente Prudente e região

Trabalhadores da usina Floralco denunciam falta de pagamento de salário e férias

Os trabalhadores da usina Floralco Açúcar e Álcool, de Flórida Paulista, ainda não receberam o pagamento referente ao mês de abril, que deveria ter sido pago até o dia cinco de maio. 


Esta situação, que já reflete negativamente nos compromissos financeiros e manutenção das famílias dos trabalhadores, gerou revolta entre os profissionais, principalmente pelo fato de que eles já passaram por este problema na empresa, que tem um histórico de descaso com os direitos dos trabalhadores.


Desta vez, além do salário atrasado dos trabalhadores em atividade, a administração da empresa também concedeu férias para alguns trabalhadores sem o devido pagamento. 


Este procedimento é ilegal, pois a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) determina o pagamento do salário do mês acrescido de mais um terço (1/3), sendo que este pagamento deve ser feito até dois dias antes do início do período de férias.


Uma vez que estes fatos penalizam os trabalhadores e suas famílias, o relacionamento dos trabalhadores com a direção da empresa esta tenso e alguns trabalhadores procuraram o Sindetanol para tomarem as providências legais, o que já esta sendo feito pelo departamento jurídico do sindicato.


Segundo um dos representantes da administração da Floralco, que prefere não ter o nome citado, “é preciso melhorar a situação financeira da empresa e não existe previsão para solucionar estes impasses”. A empresa esta em processo de recuperação judicial desde junho de 2010.


Já o presidente do Sindetanol, Milton Sobral, disse que é lamentável que a Floralco novamente desrespeite os direitos dos trabalhadores, principalmente em questões básicas como o pagamento de salário e férias. “Não podemos admitir esta situação, a empresa precisa tomar providências para regularizar as pendências. O sindicato e os trabalhadores não ficarão parados esperando uma solução de longo prazo”, afirmou Sobral.



PALAVRA DO PRESIDENTE

25/03/2020

Por dia melhores, é preciso lutar contra o coronavírus mantendo o emprego e geração de renda

ler palavra do presidente

ACORDO COLETIVO

Acompanhe aqui os acordos coletivos

JORNAL

Ultima Edição

Novembro/2019

ver edição

ARQUIVOS
ONDE ESTAMOS

Rua Estevan Peres Bomediano, 79
CEP: 19.023-380 - Jd. Paulista
Presidente Prudente - SP

ATENDIMENTO

(18) 3221-6278

sindetanol@sindetanol.com.br

© 2020 Sindetanol. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Prudente Empresas