Trabalhadores da Floralco encerram greve após pagamento de salário atrasado - SINDETANOL

SINDETANOL

Sindicato dos Trab. na Ind. Quím. Farm. e Fabr. de Álcool, Etanol,
Bioetanol e Biocombustível de Presidente Prudente e região

Trabalhadores da Floralco encerram greve após pagamento de salário atrasado

Os 300 trabalhadores do setor industrial da Usina Floralco, de Flórida Paulista, retornaram ao trabalho na tarde de desta segunda-feira(9). O fim da paralisação ocorreu depois de um tenso processo de negociação, mediado pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas, Farmacêuticas e Fabricação de Álcool, Etanol, Bioetanol e Bicombustível de Presidente Prudente (Sindetanol).


A greve, iniciada às 7h, de hoje (9), somente foi encerrada após o pagamento do salário no final da tarde de hoje. Segundo o presidente do Sindetanol, Milton Sobral, houve certa tensão durante as negociações, até se chegar ao final das negociações. 


Sobral relata que, “na primeira reunião com os representantes da usina, do sindicato e alguns trabalhadores, a alegação foi de que a empresa não tinha como solucionar o impasse na data de hoje (9), porém, sob forte pressão dos trabalhadores, da direção do sindicato e, mediante a reação de desaprovação de alguns motoristas, que aguardavam na fila de cerca de 50 carretas para descarregarem alguns produtos, o discurso da empresa foi se modificando. 


“Mais tarde eles chamaram o sindicato propondo quitação de 30%, o que não foi aceito pelos trabalhadores”, destacou Sobral. No entanto, depois da não aprovação da proposta da empresa, em parcelar a dívida salarial, as coisas mudaram novamente e, após o horário do almoço a usina fez o pagamento total. 


“Eles mandaram para o banco e eu conferi com a gerente. A transferência foi às 17h30. Fizemos uma assembleia e foi decidido voltar ao trabalho às 18h”, disse o presidente, atento à mobilização dos trabalhadores na frente da empresa.


Para o presidente do Sindetanol, sem a paralisação dos trabalhadores, é provável que a categoria não recebesse. “Pelo que sabemos somente o setor industrial recebeu, o setor rural ainda tem a promessa de sexta-feira. A empresa está avisada que não serão tolerados atrasos, pois, se acontecer, haverá greve”, finalizou Sobral.



PALAVRA DO PRESIDENTE

13/07/2020

Tempos difíceis necessitam de novo olhar e união

ler palavra do presidente

ACORDO COLETIVO

Acompanhe aqui os acordos coletivos

JORNAL

Ultima Edição

Novembro/2019

ver edição

ARQUIVOS
ONDE ESTAMOS

Rua Estevan Peres Bomediano, 79
CEP: 19.023-380 - Jd. Paulista
Presidente Prudente - SP

ATENDIMENTO

(18) 3221-6278

sindetanol@sindetanol.com.br

© 2020 Sindetanol. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Prudente Empresas