Credores aprovam venda da Usina Floralco em assembleia - SINDETANOL

SINDETANOL

Sindicato dos Trab. na Ind. Quím. Farm. e Fabr. de Álcool, Etanol,
Bioetanol e Biocombustível de Presidente Prudente e região

Credores aprovam venda da Usina Floralco em assembleia

Em assembleia, credores aprovaram a venda da Floralco Açúcar e Álcool, de Flórida Paulista. A compradora foi a holding GAM Participações e Empreendimentos S/A, sediada em São Paulo, e que atua nos setores de cana, soja e pecuária em diversos Estados brasileiros. A GAM aguarda a homologação do juízo para tomar posse da Floralco.


A compra foi confirmada pelo diretor presidente da GAM, Alexandre Cury Guerrieri Rezende. “A GAM Participações e Empreendimentos pagará pelos ativos da Usina Floralco R$ 150 milhões, em oito anos, além de assumir uma dívida trabalhista de R$ 20 milhões e uma dívida de R$ 16 milhões junto a parceiros agrícolas da unidade”, explica.


Segundo Rogério Mian, da agência de notícias da União de Produtores de Bioenergia (Udop), a empresa será rebatizada de Companhia Energética Flórida Paulista. "A nova diretoria pretende colocar a usina em funcionamento já na safra 2013/14, com pretensão de processar cerca de 1,5 milhão de toneladas de cana-de-açúcar e produção de etanol, açúcar e levedura animal", pontua.


"Há tempos que todos estavam aguardando a finalização das negociações; esta decisão é bem-vinda. Agora, a esperança é a de que a empresa normalize as operações e os trabalhadores possam retornar às atividades", analisa o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas Farmacêuticas e Fabricação de Álcool, Etanol, Bioetanol, Bicombustível de Presidente Prudente e Região (Sindetanol), Milton Ribeiro Sobral.

Histórico

A Usina Floralco se encontrava em recuperação judicial desde 2010. Em dezembro de 2012, a empresa estabelecida no Oeste Paulista, resolveu encerrar suas atividades. Na ocasião, cerca de 2 mil trabalhadores ficaram em situação dramática, sem receber salários e o 13º.


De acordo com informações de alguns trabalhadores, a empresa também não depositava o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) dos trabalhadores nem a contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), há mais de um ano.



PALAVRA DO PRESIDENTE

25/03/2020

Por dia melhores, é preciso lutar contra o coronavírus mantendo o emprego e geração de renda

ler palavra do presidente

ACORDO COLETIVO

Acompanhe aqui os acordos coletivos

JORNAL

Ultima Edição

Novembro/2019

ver edição

ARQUIVOS
ONDE ESTAMOS

Rua Estevan Peres Bomediano, 79
CEP: 19.023-380 - Jd. Paulista
Presidente Prudente - SP

ATENDIMENTO

(18) 3221-6278

sindetanol@sindetanol.com.br

© 2020 Sindetanol. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Prudente Empresas