Trabalhadores do setor industrial farmacêutico conquistam 8,5% de reajuste - SINDETANOL

SINDETANOL

Sindicato dos Trab. na Ind. Quím. Farm. e Fabr. de Álcool, Etanol,
Bioetanol e Biocombustível de Presidente Prudente e região

Trabalhadores do setor industrial farmacêutico conquistam 8,5% de reajuste

Dirigentes da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo (Fequimfar), entidade filiada à Força Sindical e à CNTQ (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Químico), e de seus sindicatos filiados, assinaram na tarde de terça-feira (16), a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), dos trabalhadores no Setor Industrial Farmacêutico para o biênio 2013-2015. A data-base da categoria é 1º de Abril.


A assinatura, que reajustará os salários dos mais de 15 mil trabalhadores do setor no estado de São Paulo, foi realizada com a presença da bancada dos trabalhadores, que é coordenada pela Fequimfar, e pela bancada patronal, representada pelo Sindusfarma. O encontro para a assinatura da CCT ocorreu às 14h, na sede da Fequimfar, no bairro Liberdade, em São Paulo. 


Segundo a Assessoria de Imprensa da Fequimfar, o presidente da entidade Sergio Luiz Leite, destacou que, “a mobilização de toda a categoria garantiu que a Campanha Salarial e Social tenha sido vitoriosa, valorizando os salários dos trabalhadores, que serão reajustados em 8,5%, com 1,19% de aumento real.” 


Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas, Farmacêuticas e Fabricação de Álcool, Etanol, Bioetanol e Bicombustíveis de Presidente Prudente e Região (Sindetanol), Milton Sobral, o resultado é positivo para os trabalhadores e os dirigentes sindicais uma vez que, “durante o processo o foco foi a união em torno das propostas e mesmo com a necessidade de promover inúmeras manifestações nas portas de fábrica, conseguimos reverter o posicionamento contrário do setor patronal”.


Entre as principais conquistas dos trabalhadores se destacam: 

Reajuste
Quem recebe até R$ 5.800,00, o reajuste será de 8,5% (sendo 1,19% de aumento real + INPC/IBGE de 7,22%). Quem recebe acima de R$ 5.800,00, haverá o acréscimo de um valor fixo de R$ 493,00 (equivalente a um reajuste de 5,45% no teto).

Salário Normativo
Empresas com até 100 empregados: R$ 1.049,73 (8,5% de reajuste, sendo 1,19% de aumento real + INPC/IBGE de 7,22%). Empresas com mais de 100 empregados: R$ 1.182,50 (10% de reajuste, sendo 2,59% de aumento real + INPC/IBGE de 7,22%).

PLR (Participação nos Lucros e/ou Resultados)
Empresas com até 100 empregados: R$ 1.108,05 (8,5% de reajuste, sendo 1,19% de aumento real + INPC/IBGE de 7,22%). Empresas com mais de 100 empregados: R$ 1.537,25 (10% de reajuste, sendo 2,59% de aumento real + INPC/IBGE de 7,22%).

Cesta Básica ou Vale alimentação
Empresas com até 100 empregados: R$ 85,14 (20% de reajuste).
Empresas com mais de 100 empregados: R$ 135,00 (25,58% de reajuste).

Reembolso de Medicamentos
8,5% de reajuste nas faixas salariais.

Abono Indenizatório
R$ 700,00 equivalente a 40% de reajuste - em duas parcelas, sendo a primeira em julho e a segunda em outubro, ou em única parcela em outubro.

Fonte: Com informações da AI/Fequimfar



PALAVRA DO PRESIDENTE

25/03/2020

Por dia melhores, é preciso lutar contra o coronavírus mantendo o emprego e geração de renda

ler palavra do presidente

ACORDO COLETIVO

Acompanhe aqui os acordos coletivos

JORNAL

Ultima Edição

Novembro/2019

ver edição

ARQUIVOS
ONDE ESTAMOS

Rua Estevan Peres Bomediano, 79
CEP: 19.023-380 - Jd. Paulista
Presidente Prudente - SP

ATENDIMENTO

(18) 3221-6278

sindetanol@sindetanol.com.br

© 2020 Sindetanol. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Prudente Empresas